PUBLICIDADE

domingo, 13 de outubro de 2013

Honda CB 500X 2014: fotos, cores, preço e ficha técnica

13/10/2013 Carros do Álvaro — Honda usa base compartilhada e reúne potenciais urbano e estradeiro na trail CB 500X.
Utilizando nome que fez sucesso no Brasil, a Honda lançou na terça-feira (8) a nova geração da CB 500 no país, em três versões. Com a estreia mundial no Salão de Milão 2012, CB 500F, CBR 500R e CB 500X, todas com ABS como opcional, são as principais atrações da empresa no Salão duas rodas, no Anhembi, em São Paulo, que vai até hoje 13 de outubro.

A primeira a chegar é a opção F, por R$ 22.000, na opção standard, e R$ 23.500, com ABS, que mantém a categoria naked e tem mais similaridade com a CB 500 vendida entre 1997 e 2004 no Brasil. No entanto, a moto é totalmente nova e abandonou o antigo farol redondo presenta na antiga CB.

Além disso, a CB 500 se tornou uma “família” e agora também conta com a esportiva CBR 500R, que começa a ser vendida até o final do ano, a CB 500X, versão com roupagem aventureira – suas vendas ficam apara o início de 2013. Ambas ainda não tiveram preços definidos.

No final do ano passado, quando a Honda decidiu atualizar sua linha de 500 cc para a maioria dos mercados onde atua – sem chegada ainda confirmada ao Brasil –, aproveitou para economizar tempo e dinheiro. Desenvolveu uma plataforma, sobre a qual montou três modelos idênticos em sua essência – entre chassi, mecânica e suspensão, compartilham 90% dos componentes –, mas com aplicações distintas na gama. Os resultados foram uma naked, uma carenada e uma trail – a CB 500X. Esta tem jeito de aventureira e, visualmente, poderia ser considerada uma versão menor da NC 700X. No entanto, tem um objetivo bem peculiar: mesclar o potencial urbano de uma scooter ao conforto de uma estradeira.

A CB 500X – bem como as outras duas motos lançadas – usa um motor compacto bicilíndrico totalmente novo, com quatro válvulas por cilindro e comando duplo do cabeçote. O propulsor entrega 48 cv de potência a 8.500 rpm, e tem 471 cm³. O torque é de 4,3 kgfm, disponíveis em 7 mil rotações. Um dos objetivos do motor, segundo a própria Honda, é melhorar a oferta de força em baixos giros, além da economia de combustível. O consumo informado pela fabricante em ciclo combinado é de 27 km/l. Com capacidade para 17,3 litros, calcula-se uma autonomia de 460 km com o tanque cheio.

A CB 500X tem uma distância do banco ao solo de 81 cm e 195 kg de peso. Como o desenvolvimento foi em conjunto para três motos, a Honda adotou um sistema de suspensão versátil. Na frente, um garfo telescópico não ajustável de 41 mm. Já para a traseira, escolheu o tipo pro-link com amortecedor monochoque e pré-carga da mola ajustável em nove posições.

As rodas apresentam design de 12 raios e são feitas de alumínio fundido, com diâmetro de 17 polegadas. A dianteira calça pneu 120/70 R17 e a traseira é equipada com um 160/60 R17. O ABS é equipamento de série e o conjunto de freios é composto por discos em forma de pétala simples de 320 mm na frente e 240 mm atrás.

Como um dos objetivos é oferecer funcionalidades de uma moto para a estrada, a CB 500X tem alguns itens opcionais e acessórios de concessionária para aumentar a comodidade de quem quer percorrer distâncias maiores. Os destaques são o para-brisas alto, punhos aquecidos, um rack traseiro que permite acoplar um bagageiro, kits de alforjes, protetores de mão e apliques plásticos aerodinâmicos.

A Honda CB 500X não tem um preço alto para os padrões europeus. O preço de 6.100 euros – o equivalente a R$ 17.650 – representa bem o que a Honda pretende: um certo equilíbrio entre conjunto eficiente e preço acessível.

Impressões ao pilotar

Medida certa

Como não poderia deixar de ser, a primeira coisa que se nota ao montar na CB 500X é a posição de pilotagem bastante agradável que oferece. E a Honda enfatiza bem esse aspecto, já que está diretamente ligado ao conforto e ao estilo de condução. Tudo isso graças ao projeto do chassi.

O motor também merece nota positiva. Além do agradável ruído, a sensação é de que sobra potência. Nas ladeiras das deslumbrantes estradas de Barcelona, os 48 cv se mostraram mais que suficientes para uma pilotagem agradável – mesmo quando se leva acompanhante e bagagem. Como ponto negativo, vale ressaltar o elevado nível de vibração quando o propulsor trabalha em giros mais altos.

A presença do ABS de série é um outro ponto de destaque. A moto para rapidamente sem ameaçar jogar o condutor no chão. De maneira geral, pode-se dizer que a Honda acertou na CB 500X. O preço é baixo, é bem construída e oferece bom desempenho.

Ficha técnica

Honda CB 500X

Motor: Gasolina, quatro tempos, 471 cm³, dois cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro, comando duplo no cabeçote e injeção eletrônica.
Câmbio: Manual de seis marchas com transmissão por corrente.
Potência máxima: 48 cv a 8.500 rpm.
Torque máximo: 4,3 kgm a 7 mil rpm
Diâmetro e curso: 67.0 mm x 66.8 mm.
Taxa de compressão: 10,7:1
Suspensão: Garfo telescópico de 41 mm com 153,3 mm de curso. Traseira do tipo monochoque com pré-carga da mola ajustável.
Pneus: 120/70 R17 na frente e 160/60 R17 atrás.
Freios: Disco simples de 320 mm em forma de pétala, pinça com pistão duplo na frente e disco simples de 240 mm em forma de pétala, pinça com pistão simples na traseira.
Dimensões: 2,09 metros de comprimento total, 0,83 m de largura, 1,29 m de altura, 1,42 m de distância entre-eixos e 0,81 m de altura do assento.
Peso: 195 kg.
Tanque do combustível: 17,3 litros.
Produção: Tailândia
Lançamento mundial: 2012.
Preço na Europa: 6.100 euros, o equivalente a R$ 17.650.

Texto:Carlo Valente / InfoMotori / Auto Press / Fotos: Divulgação / Fonte: MotorDream

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE