PUBLICIDADE

sábado, 5 de maio de 2012

Comparativo: BMW F 800 GS 2012 versus Kawasaky Versys 650 2012

05/05/2012 Carros do Álvaro — BMW F 800 GS 2012 versus Kawasaky Versys 650 2012.Não é como comparar alho com bugalho, mas realmente a BMW F 800 GS e Kawasaky Versys 650 são motos bem diferentes em preço e proposta. Então a pergunta é: o valor entre as duas é justificável?

A resposta não é objetiva e nem fácil, afinal, quando dinheiro não é problema o lado emocional começa a superar o racional na hora de adquirir os “brinquedos”.

Para conhecer melhor as características de cada uma fizemos uma viagem que passou pelas cidades de São Paulo, Campos do Jordão e Monte Verde. O roteiro foi bem alterado para podermos sentir melhor as diferenças na terra (o que não foi pouca). Rodamos quase 60 quilômetros neste terreno. E pior, na chuva.

Mas vamos saber um pouco mais sobre as protagonistas deste embate. De um lado a conhecida Kawasaki Versys 650. Dona de um motor bicilíndrico e roda dianteira de 17″, a moto tem um lado mais esportivo, sem deixar de ser confortável. São 64 cv que tornam a Versys capaz de atingir os 200 km/h indicados no painel e garantem acelerações rápidas. Ela sai por R$ 29.990,00 (ou R$ 32.990,00 com ABS).
Do outro lado está a BMW F 800 GS. Uma nova lenda da marca alemã montada em Manaus que vem fazendo muito sucesso no mundo todo. O segredo? 85 cv, um ronco agressivo, suspensões e freios impecáveis e ABS de série. E o preço… bem menos convidativo, R$ 42.900.

Mas andar com uma autêntica moto alemã tem o seu custo — e as suas vantagens. Durante a viagem trocamos de moto diversas vezes e conseguimos apontar vantagens e desvantagens de cada uma. Na cidade, a BMW pode ser muito alta para pessoas abaixo de 1,75 metros. Mas quem não tem problema de altura desfruta da possibilidade de passar com o guidão por cima dos retrovisores dos carros. O aro de 21″ na dianteira (muito mais indicado para situações off-road) não reduz a agilidade da moto, mas sim garante robustez para a pilotagem em qualquer tipo de terreno, como por exemplo passar por enchentes ou qualquer outro obstáculo urbano. O único senão é a necessidade do piloto ter boa habilidade ao acionar a embreagem. A moto exige bastante controle, assim como no acelerador, para que o motor não apague ou acelere demais nos corredores.

Já a Versys é uma moto na medida. Gostosa de andar, mas sem uma característica marcante como na BMW. O ponto positivo é que tudo funciona como esperamos, com agilidade e precisão. E todo esse controle tem uma desvantagem: a pilotagem não fica tão prazerosa como na sua concorrente.
Em auto-estradas, notamos que apesar da roda de apenas 17″ na dianteira, o menor curso de suspensão e altura torna a Versys mais estável e confortável. O banco de dois níveis e a posição, em que o piloto vai “dentro” da moto e não “sobre” a moto, garante mais conforto. Mas por vezes esquecemos que estamos em uma trail média. Isso devido a falta daquela posição mais ativa que a BMW tem, por exemplo.

Agora, na terra chega a ser uma covardia. Com suspensão dianteira invertida, banco estreito e roda dianteira de 21″, a BMW é só alegria. Quem está com a Versys tem mais dificuldade em se posicionar, além do medo de amassar o aro em alguma pedra do caminho.
Nos equipamentos, a BMW supera com o ABS, aquecedores de manopla, tomadas 12V e na qualidade em geral da construção. Contudo, tudo isso tem um preço, que não é baixo. Afinal, é possível comprar uma Versys e ainda sobra para levar para casa uma moto de 250/300 cilindradas.

Resumindo, a BMW é superior. O mais justo seria comparar a BMW F 650 GS com a Versys, mas esta versão foi não teve continuidade. Em preço, a Versys se assemelha a BMW G 650 GS, dotada de um motor monocilíndrico bem inferior ao da Kawasaki.

Contudo, nesse embate de Davi contra Golias, a Kawasaki se mostrou o melhor custo/benefício, pois apesar do conjunto e desempenho inferiores, atende muito bem o seu dono sem ficar muito para trás em relação à BMW. Apenas na terra a disputa é desleal.

A BMW cobra por ser a referência da categoria e se dinheiro não for problema, delicie-se com a qualidade da F 800 GS e sinta-se parte de um atendimento Premium onde você for.

Ficha técnica


Fonte: BestRiders

PUBLICIDADE

POSTS RECENTES

PUBLICIDADE

10 POSTS MAIS LIDOS

VEÍCULOS MAIS VENDIDOS - AGOSTO DE 2014

FIAT PALIO 14.305
VOLKSWAGEN GOL 14.198
FIAT STRADA 12.849
FIAT UNO 10.922
CHEVROLET ONIX 10.285
HYUNDAI HB20 9.074
FORD FIESTA 8.505
FIAT SIENA 8.469
VOLKSWAGEN FOX 7.480
10º RENAULT SANDERO 7.278